Franquias para cidades pequenas: Como iniciar meu negócio?

franquias para cidades pequenas

As franquias para cidades pequenas são ótimas opções para quem não quer abrir um negócio do zero. Isso porque elas já são conhecidas e têm um público fidelizado.

Para escolher a franquia ideal para o seu perfil de investidor e para a cidade, é preciso estudar sobre o mercado e ter conhecimento sobre o setor da franquia.

Pois, existem vários modelos de franquias para cidades pequenas, com investimentos que atendem diversos perfis de franqueados.

Quer saber como montar franquias para cidades pequenas de até 50 mil habitantes? Como uma franquia de sorvete pode ser uma ótima opção de investimento? E se vale a pena montar franquias para cidades pequenas?

Neste artigo, responderemos todas as suas perguntas e explicaremos sobre as franquias para cidades pequenas.

Franquias para cidades pequenas, como montar a sua?

As franquias para cidades pequenas já são uma realidade no Brasil e estão crescendo cada vez mais.

Entretanto, a escolha do negócio precisa de um estudo de mercado e um planejamento envolvendo os seguintes pontos:

  • Desempenho turístico da cidade;
  • Produtos que são potenciais de consumo;
  • Presença de Shopping Center;
  • Movimentação do varejo;
  • Tipo de mercado mais presente, como vestuário, alimentação e entretenimento;
  • Comércio da cidade mais próxima.

Definindo esses pontos, você terá uma análise de qual a melhor franquia para abrir naquela cidade. Além disso, você pode procurar também exclusividade, ou seja, investir em produtos que ainda não estão presentes na cidade.

Para um melhor entendimento, explicaremos a seguir o que é franquia e as suas vantagens.

Afinal, o que é uma franquia?

A franquia é um tipo de operação transferida para outro ponto comercial. Ou seja, quando uma empresa concede os direitos a uma pessoa física ou jurídica de representá-la em outra unidade.

Ela é a relação entre o franqueado e o franqueador, no qual o primeiro fornece o direito de comercialização de seus produtos e serviços para o segundo.

Dessa maneira, o franqueado assume a responsabilidade do negócio, trabalha e investe integralmente os custos de montagem e da operação da loja franqueada. Além disso, ele remunera a franqueadora pela transferência de know-how.

A franquia é um modelo de negócio regido pela Lei Nº 8.955 que estabelece os contratos de franquia empresarial.

O que é considerada uma cidade pequena?

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são classificadas como cidades pequenas as que têm uma população de até 50 mil habitantes.

Qual a vantagem de investir?

Investir em franquia em uma cidade pequena possui as seguintes vantagens:

  • baixos índices de falência, o que facilita a aquisição de empréstimos no banco;
  • estrutura da empresa consolidada;
  • tem um marketing bem elaborado e especializado;
  • baixas chances do investimento não dar certo;
  • a maioria das franquias está localizada em pontos estratégicos.

Além de todas as vantagens mencionadas anteriormente, outra grande vantagem é a falta de muitas marcas conhecidas em cidades menores. 

Isso é uma oportunidade para quem busca expandir rapidamente a operação, usando a fama já existente da marca e atraindo uma clientela que, antes, precisava se deslocar para cidades próximas para comprar os produtos.

Franquias para cidades pequenas, como montar a sua?
(Freepik)

 

Quanto devo investir?

Para investir em uma franquia, o franqueado deve identificar-se com o negócio, fazer várias pesquisas sobre a marca e seguir as regras do contrato.

Normalmente, o investimento em franquia não costuma ter muita variação, pois o projeto e os fornecedores permanecerão os mesmos em qualquer lugar, mantendo o valor do investimento estável.

O que pode variar é o valor de aluguel e de ponto da franquia. Em cidades pequenas, esses valores costumam ser mais baixos, o que deixa tanto o custo inicial quanto os gastos mensais menores.

Além disso, os franqueados precisam se preocupar com a aquisição de equipamentos, instalações e funcionários. 

Mas existem modelos diversos que podem se adequar ao perfil do franqueado. Por isso, é recomendado encontrar o modelo de franquia que mais se adequa ao seu perfil financeiro, econômico e social.

Portanto, os valores de faturamento, prazo de retorno do investimento e lucro são estimados pela franqueadora.

Vale a pena abrir franquias para cidades pequenas?

Abrir franquias para cidades pequenas pode ser uma ótima opção como o primeiro negócio, sem que precise começar do zero.

É uma grande vantagem, pois a franquia já é conhecida e tem os seus clientes. Assim, é preciso levá-la para outro ponto ou cidade e ver se atende a necessidade da população de lá.

Além disso, várias pessoas que moram na cidade grande se mudam para o interior, devido ao trânsito e estresse que já passaram, procurando mais tranquilidade. Com isso, podem ser um potencial cliente.

O mesmo podemos dizer do crescimento do modelo de trabalho home office que proporciona que as pessoas possam morar em vários lugares, inclusive em cidades pequenas.

Isso mostra a oportunidade de investir em franquias para cidades pequenas, pois podem se expandir cada vez mais em diferentes setores.

Quer dicas de como montar uma sorveteria? Leia o nosso artigo no blog: Como montar uma sorveteria? + 10 dicas especiais da Gela Boca.

Iniciando uma franquia em cidades pequenas

Confira a seguir os principais pontos que precisam ser considerados para iniciar uma franquia em cidades pequenas.

Estude os concorrentes

Faça um estudo dos seus concorrentes para saber o que eles estão oferecendo ao público e como fazem uma gestão comercial.  

Além disso, estudar a concorrência ajuda a identificar eventuais pontos deixados em aberto por eles e cria possibilidades que possam gerar resultados para o seu negócio.

Verifique se a venda dos produtos dos concorrentes está dando certo e encontre algo que possa ser um diferencial competitivo, para que a sua franquia se destaque e fidelize os clientes.

Defina o público-alvo

Toda a empresa precisa ter um público-alvo definido ou um grupo de consumidores com características em comum, para direcionar as suas estratégias de marketing e venda.

Definir o público-alvo ajuda a mapear e direcionar as melhores estratégias e ações de marketing.

Dessa maneira, você consegue atingir a pessoa certa com os seus produtos exatamente na hora que ela mais precisa.

Adquira materiais para iniciar a operação

A franquia precisa de materiais para iniciar as suas vendas. Por isso, é importante deixar no planejamento todos os equipamentos e materiais necessários para que o seu negócio comece a funcionar.

Para isso, analise os custos mais baixos, mas que são equipamentos de qualidade e que possam sanar todas as suas necessidades dentro da franquia.

Iniciando uma franquia em cidades pequenas
(Freepik)

 

Escolha um local estratégico para abrir o negócio

Depois que você fizer toda a análise de onde será o seu negócio, já saberá um local estratégico para abri-lo.

Normalmente, o local ideal é o que tem grande concentração de fluxo de pessoas, mas que são o seu público-alvo.

Quando o empreendimento é localizado estrategicamente, equilibra os fatos logísticos e de consumo, além de proporcionar mais facilidade para as vendas.

Invista em franquias renomadas

As franquias renomadas já são conhecidas pelo público, o que gera mais facilidade de vendas para o seu negócio.

Além disso, todo o processo que envolve a franquia será mais tranquilo, como financiamentos, contratação de pessoas e pedidos com os fornecedores.

Como um exemplo de franquias renomadas podemos citar a Gela Boca, que é considerada pela revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios uma das melhores e mais completas franquias de sorvetes do Brasil.

Ela possui mais de 100 lojas e tem um cardápio variado de sorvetes que proporcionam experiências deliciosas.

Conheça mais sobre a Gela Boca e seja um franqueado de sucesso!

Realize treinamentos com os colaboradores para ter um atendimento de excelência

Ter um atendimento de excelência não é só atender bem os clientes, mas resolver os seus problemas de maneira precisa com aquele produto, mostrando o diferencial da sua empresa.

Para isso, é necessário realizar treinamento com os colaboradores, mostrando como é importante conhecer o perfil do cliente, ter empatia e agilidade no atendimento e focar na sua experiência de compra.

Marque presença nas redes sociais

Marcar presença nas redes sociais é muito mais do que simplesmente ter um perfil no Instagram ou no Facebook. 

Marca presença nas redes sociais é postar conteúdo relevante com o propósito do seu negócio, mostrar como o seu produto pode ajudar os clientes e responder todos os seguidores, oferecendo um bom atendimento.

Além disso, é fazer com que o seu público seja engajado e atraído pela sua empresa e, com isso, possa se tornar um cliente fidelizado.

Vale ressaltar também que as redes sociais são fundamentais como canais de divulgação dos seus produtos e conexão com os consumidores.

Qual a melhor franquia para abrir em cidades pequenas?

As franquias para cidades pequenas com até 50 mil habitantes, são novos modelos de negócios com valores mais em conta.

Entretanto, é preciso fazer pesquisas de mercado para viabilizar o negócio nessas cidades. 

Assim, o ideal é verificar o que falta no comércio local e o que é interessante abrir na cidade que agradará os moradores. Faça também um estudo do mercado de atuação e do público que deseja fidelizar.

Além disso, abrir uma franquia em cidades pequenas oferece baixos custos de operação e economia de deslocamento entre a residência e o trabalho do franqueado.

Alguns setores de franquias para cidades pequenas são:

  • sorveterias;
  • clínicas odontológicas;
  • óticas;
  • cosméticos;
  • alimentos;
  • beleza e estética;
  • consórcios e financiamentos;
  • ensino de idiomas;
  • joalherias;
  • lojas de roupas;
  • petshop;
  • farmácia;
  • serviços de manutenção.

Esses são apenas alguns exemplos de setores que podem ser explorados nas pequenas cidades.

Independentemente do setor, existem várias franquias que estão em busca de novos franqueados para investir em cidades pequenas e que oferecem suporte para ele e o seu negócio.

Qual a melhor franquia para abrir em cidades pequenas?
(Freepik)

 

Franquia de sorvetes, é uma boa ideia?

Como mencionado anteriormente, as franquias de sorvete para cidades pequenas é uma ótima ideia e considerada uma das melhores áreas para empreender. Afinal, quem não gosta de se deliciar com uma massa ou picolé, não é mesmo?

Entretanto, como a sorveteria é um negócio sazonal, o franqueado precisa manter o nível de rentabilidade também durante as épocas frias do ano. 

Mas isso pode ser feito através de um planejamento bem elaborado, com a inserção de novos produtos durante os meses de menor demanda de clientes.

Como escolher a melhor marca?

Para saber quais são as melhores marcas de sorveteria para investir na sua franquia, nada melhor do que analisar o mercado e entender como são as vendas e o atendimento.

Além disso, analisar a experiência dos clientes é fundamental para saber o que acham do sorvete e da franquia.

Com base nisso, você saberá qual a melhor marca e a que combina com o seu perfil de franqueado.

Quais materiais vou precisar para iniciar?

Os materiais para iniciar uma sorveteria podem variar conforme o tamanho do seu negócio. Mas os principais para uma sorveteria pequena, que só vende os produtos são:

  • computadores;
  • impressora;
  • internet
  • telefone;
  • balcão de atendimento;
  • freezers;
  • balança;
  • embalagens plásticas;
  • terminal eletrônico de ponto de venda (PDV);
  • mesas e cadeiras;
  • utensílios para armazenamento;
  • utensílios de cozinha.

Caso queira trabalhar com a fabricação de sorvetes além da venda, também precisará dos seguintes materiais:

  • batedeira industrial;
  • maturadores;
  • liquidificador industrial;
  • fogão semi-industrial;
  • mochilas térmicas para delivery.

Quer saber mais sobre como montar uma franquia de sorvete? Conheça a Gela Boca e faça parte do nosso time de franqueados!

Franquia de sorvetes, é uma boa ideia?
(Freepik)

 

Conclusão

Já deu para perceber que ser um franqueado pode facilitar a vida de quem quer abrir um negócio, ainda mais porque a franquia já é reconhecida no mercado. 

Além disso, as franquias para cidades pequenas podem ser ótimas opções de investimento.

Vale ressaltar que elas têm baixas chances de não darem certo, porque a marca já está consolidada. Além disso, todos os processos são mais facilitados, desde o financiamento até a compra com os fornecedores.

Portanto, os resultados podem ser muito bons para o franqueado que sabe fazer um bom planejamento financeiro.

Uma ótima opção de franquia é a de sorvetes. Se você deseja montar uma, conheça a Gela Boca e saiba como fazer parte do nosso time. 
Aproveite e acesse o nosso blog para mais conteúdos sobre franquias de sorveteria.

Deixe seu comentário